Pular para o Conteúdo

Veja quais são as mulheres mais ricas do Brasil e do mundo hoje

Capítulo 1

Quem são as mulheres mais ricas do mundo?

Tradicionalmente, a Revista Forbes realiza todos os anos a lista das personalidades mais ricas do planeta (36º ranking anual da Forbes de 2022 - World's Billionaires List).

Uma das listas que que mais chama a atenção dos leitores é a que relaciona as mulheres mais ricas do mundo atualmente. 

A edição desse ano trouxe algumas surpresas e alguns fatos conhecidos, como veremos no decorrer do conteúdo.

A maior parte das mulheres da lista de  bilionárias herdou sua riqueza, disse a Forbes. A lista dos mais ricos do mundo tem 2.668 nomes, cujos 327 são de mulheres. 

Segundo a revista, a fortuna de todas elas juntas soma aproximadamente US$1,56 trilhão, ou seja, mais do que o PIB do Brasil. A maior parte das bilionárias está nos EUA (90). Em seguida, vem a China (63) e a Alemanha (35). 

Recentemente, nomes como o da cantora Rihanna, que está construindo um império no ramo da beleza; Melanie Perkins, fundadora da startup de design Canva; Miranda Qu, dona da empresa de mídia social e e-commerce Xiaohongshu; e Melinda Gates também aparecem no ranking das bilionárias mundiais. 

Nesse conteúdo, vamos conhecer quem são essas personalidades e de ondem vem o seu patrimônio. Leia até o final e descubra também quem são as mulheres mais ricas do Brasil que figuram no levantamento da revista.

Evaristo costa na toro investimentos
Capítulo 2

1. Françoise Bettencourt Meyers

Francoise-Bettencourt-Meyers

Françoise Bettencourt Meyers lidera a lista das mulheres mais ricas do mundo da Forbes pelo 2º ano consecutivo. Ela figurou no ranking pela 1ª vez em 2018, ano seguinte à morte da sua mãe, Liliane Bettencourt.

Nascida em Neuilly-sur-Seine, França, em 1953, é neta do fundador da empresa de produtos de beleza e cosméticos L'Oréal (Eugène Paul Louis Schueller). Atualmente ela é vice-presidente do conselho de administração da companhia, que, por sinal, é a maior do mundo no segmento, presente em 130 países.

Françoise também preside a holding familiar que detém 33% das ações da empresa e uma fundação filantrópica que financia projetos de ciência e arte na França.

Segundo a Forbes, o patrimônio líquido de Françoise é de US$74,8 bilhões. 

De acordo com a Bloomberg, após a morte da mãe, Françoise triplicou sua fortuna por meio de investimentos que muito valorizaram as ações da L'Oréal na Bolsa de Valores. Além disso, a empresa passou bem pela pandemia com um mix de produtos diversificados.

Tenha um Assessor Exclusivo para te ajudar a ganhar mais
Capítulo 3

2. Alice Walton

alice-walton

Alice Walton é uma americana nascida em 1949, em Newport, Arkansas. Ela é a filha única do antigo dono da Wal-Mart, Sam Walton, já falecido. Seu patrimônio cresce à medida que as ações da varejista dos Estados Unidos se valoriza. 

De acordo com a lista da Forbes, Walton detém um patrimônio líquido de US$65,3 bilhões. 

Ela chegou a liderar a lista das mulheres mais ricas do planeta em 2020, antes de ser ultrapassada pela francesa Bettencourt.

Alice divide a fortuna do Wal-Mart com seus irmãos, Rob e Jim Walton. Apesar disso, ela não tem um papel ativo no comando da varejista, sendo que sua grande paixão é a arte.

Hoje, ela também está á frente da Alice Walton Foundation, instituição filantrópica do ramo das artes e museus. Em 2011, inaugurou o museu de US$ 50 milhões Crystal Bridges Museum of American Arts, que é lar da sua coleção privada de peças de arte avaliada em US$ 500 milhões. 

Onde investir dinheiro hoje
Capítulo 4

3. Julia Koch

Julia_Koch

Julia Koch nasceu em 1962 em Des Moines (EUA). Ela herdou sua fortuna em 2019, após o falecimento de seu marido, David Koch, com quem era casada desde 1996.

A família Koch é detentora de 42% das ações das Indústrias Koch, uma companhia que atua em segmentos como alimentação, construção, vestuário e transporte.

Atualmente, é a 2ª maior empresa privada dos Estados Unidos. Seu irmão, Charles Koch, também é dono de uma fatia de 42% e preside a companhia. 

O patrimônio de Julia Koch é de US$ 60 bilhões, segundo a Forbes. 

Desde 2020, quando possuía US$ 38,2 bilhões, sua fortuna quase dobrou. Desde 1980, mora em Nova Iorque e também foi assistente do designer Adolfo. Por fim, também atua com projetos de filantropia.

Capítulo 5

4. MacKenzie Scott

MacKenzie_Scott1

MacKenzie Scott é de São Francisco, Califórnia, e nasceu em 1970. Ela é é filantropa, autora e ex-esposa do fundador da Amazon, Jeff Bezos, com quem esteve casada durante 25 anos. Eles se divorciaram em meados de 2019, quando ela recebeu 25% de sua participação na Amazon.

O patrimônio líquido de Scott é de US$ 43,6 bilhões, disse a Forbes. 

Ela tem se destacado pelo seu trabalho de filantropia, doando vários bilhões de dólares regularmente para entidades cujas causas ela compartilha. 

Em 2020, ela anunciou pouco mais de US$ 5,8 bilhões em doações para cerca de 500 organizações sem fins lucrativos; em junho de 2021, Scott disse que doou outros US$ 2,74 bilhões para 286 grupos

Invista com um Assessor Exclusivo e faça seu dinheiro render mais
Capítulo 6

5. Jacqueline Mars

jacqueline-mars

Jacqueline Mars nasceu em 1939 em Washington. Ela possui cerca de um 1/3 da Mars Incorporated, a maior fabricante de doces do mundo, companhia fundada por seu avô. Ela trabalhou para a empresa por quase 20 anos e atuou no conselho até 2016.

A Mars é dona de marcas como M&M's e Pedigree, além de outros rótulos de alimentos para animais de estimação. Suas empresas tiveram receita de mais de US$ 40 bilhões em 2021.

O patrimônio líquido de Mars atualmente é de cerca de US$31,7 bilhões. 

De acordo com a Forbes, Mars atua no conselho dos Arquivos Nacionais e foi anteriormente conselheira da Ópera Nacional de Washington. Seu irmão, John Mars, também possui um 1/3 da companhia. Já as 4 filhas  do seu falecido irmão, Forrest Jr, são donas do restante.

Capítulo 7

6. Gina Rinehart

Gina-Rinehart

Gina Rinehart é uma australiana de Perth nascida em 1954. Ela também é a cidadã mais rica da Austrália e construiu a sua fortuna no minério de ferro, mais especificamente presidindo a mineradora e empresa de agricultura Hancock Propsecting Group desde 1992.

O patrimônio líquido de Rinehart atualmente é de cerca de US$30,2 bilhões. 

Ela é filha do explorador de minério de ferro e fundador da empresa, Lang Hancock. Gina foi responsável por reconstruir financeiramente a empresa do pai que passava por sérias dificuldades.

O maior ativo da Hancock atualmente é o projeto de mineração Roy Hill, que iniciou os embarques de minério para a Ásia em 2015. Além disso, também é a 2ª maior produtora de gado da Austrália, com um portfólio de propriedades em todo o país. 

Onde investir dinheiro hoje
Capítulo 8

7. Miriam Adelson

Miriam-Adelson

Miriam Adelson é uma israelense-americana nascida em 1945. Ela é viúva de Sheldon Adelson, ex-CEO e presidente da empresa de cassinos Las Vegas Sands, que morreu em 2021. 

Após o falecimento do marido, ela vendeu os ativos em Las Vegas por US$6,25 bilhões e destinou suas atenções nos negócios ao mercado asiático. 

Adelson soma um patrimônio líquido de US$27,5 bilhões.

Atualmente, ela detém mais da metade do império de jogos de azar listado na Bolsa de Valores de Nova York, que possui cassinos em Cingapura e Macau. Adelson também é formada em medicina e especializada em vícios. 

Capítulo 9

8. Susanne Klatten

Susanne-Klatten

Susanne Klatten é uma alemã nascida em 1962. Ela é dona de cerca de 19% da ações da tradicional e famosa montadora de carros BMW. O seu irmão, Stefan Quandt, possui quase 24% da mesma empresa.  Klatten também é dona da companhia química Altana. 

Economista com MBA, Klatten ajudou a transformar a Altana, empresa de seu avô, em uma corporação farmacêutica/química especializada de classe mundial, com vendas na casa de US$2,5 bilhões anuais.

O último levantamento da Forbes indica um patrimônio de US$24,3 bilhões na riqueza de Susanne.

Klatten herdou sua participação na companhia de sua mãe, Johanna, e de seu pai Hebert Quandt, que inclusive foi considerado o responsável por salvar a BMW da completa falência na década de 1950 e transformar a empresa em uma marca de luxo.

Por fim, ela também detém participações na Entrust, especializada em identidade digital e segurança de dados, e na produtora de carbono e grafite SGL Group.

Tenha um Assessor Exclusivo ao seu lado
Capítulo 10

9. Iris Fontbona

Iris_Fontbona

Iris Fontbona é de Antofagasta, no Chile. Ela nasceu em 1942 e é viúva de Andrónico Luksic, que construiu uma fortuna em mineração e bebidas antes de morrer de câncer em 2005. Fontbona e seus filhos controlam a Antofagasta Plc, que possui minas de cobre no Chile e negocia na Bolsa de Valores de Londres.

Hoje, a única sul-americana entre as 10 primeira tem um patrimônio de US$ 22,8 bilhões.

Sua fortuna mais do que dobrou na pandemia, saindo de US$ 10,8 bilhões em 2020 para US$22,8 bilhões dois anos depois e foi uma das que mais cresceu em um período tão curto. 

A família ainda concentra uma participação como acionistas majoritários do conglomerado de capital aberto Quiñenco, que atua em vários setores como bancário, bebidas e manufatura. 

Capítulo 11

10. Abigail Jhonson

Abigail- Johnson
Abigail Johnson é de Boston (EUA) e nasceu em 1961. Atualmente ela é presidente e da Fidelity Investiments, cargo que ocupa desde 2014, quando assumiu o lugar de seu pai.

Seu avô, Edward Johnson II, fundou a gigante de fundos mútuos com sede em Boston em 1946. Jonhson tem nas mãos uma parcela de cerca de 24,5% da companhia, que gere US$ 4,2 trilhões em ativos.

A americana, desse modo, é dona de um patrimônio líquido de US$21,2 bilhões. 

Ela começou a trabalhar na Fidelity durante as férias de verão na faculdade e ingressou como analista em tempo integral em 1988, depois de receber um MBA em Harvard.

Por fim, de acordo com a Forbes, Abigail abraçou as criptomoedas e, em 2018, a Fidelity lançou uma plataforma que permite que investidores institucionais negociem Bitcoin e Ether.

Por falar em Fundos de Investimentos, confira um vídeo especial com a nossa Analista, Paloma Brum: 

   Aprenda tudo sobre Fundos de Investimentos em curso gratuito.
Capítulo 11

Quem são as mulheres mais ricas do Brasil?

Muito interessante como essas fortes mulheres ocupam uma posição de destaque, não é mesmo? Anualmente, vale a pena conferir a lista da Forbes para também entender como essas visionárias estão aproveitando as tendências de mercados para manter ou ampliar a sua fortuna.

Mas, não há brasileiras na lista das mulheres mais ricas da Forbes? Vimos que entre as 10 primeiras predominam as americanas, uma australiana, duas europeias e apenas uma sul-americana. 

Contudo, segundo a Forbes, há 8 brasileiras na lista dos mais ricos do mundo. 
Então, no 36º ranking anual da Forbes de 2022, dos 62 brasileiros presentes, 8 são mulheres. As personalidades femininas  brasileiras que aparecem na lista são:

Brasileiras na lista das mulheres mais ricas do mundo da Forbes
(Abril de 2022)

Nome
(Fonte da fortuna)
Patrimônio
Lucia Maggi
(Grupo André Maggi)
US$ 6,9 bilhões
Maria Helena Scripilliti
(Grupo Votorantim)
US$ 4,1 bilhões
Dulce Pugliese de Godoy Bueno
(Amil e Dasa)
US$ 1,7 bilhão
Ana Lucia de Mattos Villela
(Itaú e Dexco)
US$ 1,6 bilhão
Luiza Helena Trajano
(Magazine Luiza)
US$ 1,4 bilhão
Neide Helena de Moraes
(Grupo Votorantim)
US$ 1,3 bilhão
Anne Werninghaus
(Weg)
US$ 1,1 bilhão
Vera Rechulski Santo Domingo
(Santo Domingo)
US$ 1 bilhão

Fonte: Forbes

Veja quais são os melhores investimentos de 2022