Toro

Como investir dinheiro?

day trade
Capítulo 1

Como investir dinheiro? 3 dicas básicas

Como investir meu dinheiro? Essa é a pergunta que deve estar passando pela sua cabeça se você decidiu que esse é o momento certo para começar a pensar no seu futuro ou mesmo se percebeu a necessidade de lidar melhor com seu capital agora no presente.

Para quem está chegando no mercado de investimentos agora, seja pela descoberta que a Poupança é uma alternativa que não entrega os rendimentos que você deseja ou seja pelo motivo de entender que é preciso começar a lidar melhor com o dinheiro, os primeiros passos nem sempre são simples.

A boa notícia é que você não está só nessa jornada. Ao longo desse conteúdo você encontra uma série de dicas e passos para que você saiba como investir dinheiro e alcançar os seus objetivos. Você vai ver que cada capítulo oferece dicas específicas para serem utilizadas em momentos diferentes de sua jornada como investidor.

Porém, quando olhamos para os investimentos de uma forma geral, algumas dicas podem ser utilizadas em todas as etapas.

Dicas para você saber como investir seu dinheiro:

Faça um planejamento financeiro

Antes de começar a investir é necessário entender os objetivos e os resultados que deseja alcançar por meio desses investimentos. Você pode estar procurando alternativas para investir pensando em algum objetivo específico como sua aposentadoria ou realizar uma viagem ou mesmo para ver seu dinheiro sendo valorizado.

A questão é que para cada objetivo existe um caminho diferente e é fundamental que isso esteja bem claro para você. Além disso, na hora do seu planejamento financeiro é necessário que você deixe claro como anda sua situação.

Entender sobre suas contas, receitas, despesas, rotina e sobras é algo importante na hora de começar a investir. Afinal, muitas pessoas não estabelecem uma rotina de investimentos pois não realizam um planejamento adequado.
Aprenda sobre o mercado

O mercado financeiro, assim como quase tudo na vida, é algo que está em constante mudanças. Basta perceber que, constantemente, aparece um novo investimento, seja um título de Renda Fixa, uma nova ação na Bolsa ou uma nova modalidade.

Portanto, é necessário que você esteja em constante aprendizado e saiba que é importante buscar conhecimento para investir corretamente seu dinheiro. O primeiro passo você já deu. Ao finalizar a leitura desse conteúdo, você terá mais conhecimento para saber como investir seu dinheiro e para alcançar seus objetivos. Porém, não pare por aqui.

Busque seguir canais sobre investimentos, personalidades qualificadas que dão dicas, ler materiais sobre esse mercado, assistir aulas e vídeos no Youtube ou mesmo fazer um curso de investimento .
Descubra seu perfil de investidor

Essa é a dica mais importante desse primeiro capítulo. Além de contar com um planejamento financeiro, você precisa entender qual é o seu perfil de investidor.

Definir esse perfil faz parte da regulamentação de investimentos. Quando você abre conta em uma corretora, geralmente, recebe algumas perguntas para responder. Com isso, você se enquadra em um perfil que pode ser: conservador, moderado ou arrojado.

Ao responder esse questionário você passa a entender em qual perfil está e, ao escolher uma boa corretora de valores para investir, passa a receber conteúdos mais focados para esse tipo de investidor.

Descubra seu perfil de investidor e invista com corretagem zero.

Comece agora na Toro
Capítulo 2

Como investir com pouco dinheiro?

Muita gente entende que é necessário saber como investir dinheiro, mas, desiste de buscar esse aprendizado pois acredita que é preciso muito dinheiro para começar a realizar investimentos.

Então, é preciso deixar bem claro que é possível sim começar a investir com pouco dinheiro.

Atualmente, depois de várias mudanças no mercado financeiro, como a entrada das fintechs nesse mercado, os investimentos deixaram de ser algo restrito às pessoas ricas e se transformaram em alternativas mais acessíveis para quem deseja ver seu dinheiro valorizado.

Além de tudo, são várias alternativas, ao contrário do que muita gente pensa, é possível realizar investimentos em ações na Bolsa de Valores, Fundos Imobiliários e até em ETFs de criptomoedas sem precisar de muito dinheiro para começar.

A grande questão é a necessidade de fazer boas escolhas, analisar muito bem o seu perfil de investidor e, sobretudo, não cair em falsas promessas. É isso mesmo, é muito comum encontrarmos investidores que perdem o pouco dinheiro que possuem por acreditarem que é possível se transformar em milionário da noite para o dia.

Então, antes de qualquer passo a passo, precisamos voltar às 3 dicas do primeiro capítulo. Com isso em mente, ao longo desse conteúdo você vai ver que é possível investir em ações, Renda Fixa e outras modalidades, mesmo com pouco dinheiro. Mas, vamos deixar uma dica de uma modalidade muito visada para esse objetivo:

Fundos de Investimento

Esse é um tipo de investimento muito procurado por quem está começando a investir e também por quem não quer ter trabalho de analisar o mercado. Isso porque, além de oferecer alternativas com preços acessíveis, cabe a um gestor qualificado o papel de realizar a gestão do fundo. Então, a sua responsabilidade como investidor é menor.

Ao investir em Fundos de Investimentos você adquire uma ou mais cotas de um fundo e participa dos lucros que ele entregar, junto com outros investidores. A dica para esse investimento é sempre verificar os termos do contrato, bem como taxas e rendimentos.

Aqui na Toro, você investe em Fundos de Investimentos e ainda tem Cashback em parte da taxa de administração. É a forma de você utilizar o jeito mais fácil para investir com uma vantagem que impacta diretamente na hora de calcular a rentabilidade.

O jeito mais fácil de investir é na Toro

Cadastre-se grátis e comece agora mesmo
Capítulo 3

Como investir dinheiro com segurança?

Falar sobre segurança é falar sobre investimentos regulamentados, que estejam sob a fiscalização de algum órgão competente e que apresenta regras claras sobre o seu funcionamento.

Desse jeito, quando falamos em segurança, precisamos ressaltar as instituições que atuam na regulamentação, fiscalização e controle do mercado financeiro.

Banco Central

O Banco Central do Brasil é uma autarquia autônoma. Isso quer dizer que trata-se de uma entidade que exerce suas funções com completa autonomia, sem ter que ficar subordinado a outro órgão público.

Também conhecido como Bacen, é a instituição responsável por garantir a estabilidade econômica do Brasil e por regulamentar o sistema financeiro. Na prática, cabe ao Banco Central o papel de autorizar ou não o funcionamento de uma instituição financeira, como uma corretora de valores ou um banco.

Fundo Garantidor de Créditos (FGC)

O FGC é a instituição que garante a segurança de boa parte dos títulos de Renda Fixa negociados aqui no Brasil. Na prática, esse órgão atua quando alguma instituição financeira decreta falência e não consegue cumprir seus contratos com investidores.

Isso quer dizer que o Fundo Garantidor de Créditos ressarce seu dinheiro caso você tenha comprado um título de Renda Fixa e, durante o tempo, a emissora declarou falência. Vale destacar que o FGC é uma instituição sem fins lucrativos, de caráter privado e atuação independente.

Veja o vídeo e entenda todos os detalhes sobre o FGC:


Comissão de Valores Mobiliários (CVM)

A CVM é uma entidade pública e autárquica vinculada ao Ministério da Fazenda, e também é administrada de forma autônoma. Seu principal objetivo é garantir a integridade do mercado de capitais, fiscalizando empresas que não seguem as regras e atuam de forma ilegal.

A CVM também é o órgão que regulamenta e garante a concorrência entre instituições financeiras no Brasil. Na prática, isso representa a fiscalização acerca de fraudes e atitudes que impactem negativamente a vida do investidor.

Bolsa de Valores do Brasil (B3)

A Bolsa de Valores do Brasil, chamada de Brasil, Bolsa, Balcão (B3), é a instituição que garante que as pessoas interessadas em investir em ações, fundos e títulos encontrem um lugar seguro para negociar esses ativos.

Contudo, mesmo com todas essas instituições, sempre lembramos que a segurança dos seus investimentos também depende de você. O primeiro passo é escolher uma corretora de valores que esteja dentro da lei e aprovada por todos esses órgãos.

Além disso, é preciso também saber o que você está seguro. Afinal, investir, principalmente na renda variável, envolve riscos e você precisa saber o que está fazendo para gerenciar esses riscos e sempre utilizar estratégias corretas para alcançar os melhores resultados.

Por isso, ressaltamos a importância de buscar conhecimento, aprender sobre todas as modalidades e sempre buscar conhecimento sobre técnicas para investir melhor.

Saiba como dominar a Bolsa e revolucionar seus investimentos.

Ver aulas grátis
Capítulo 4

Como investir dinheiro em ações na Bolsa de Valores?

Já que falamos sobre a Bolsa de Valores, chegou a hora de falarmos como investir dinheiro em ações nesse mercado.

A seguir, vamos mostrar qual é o passo a passo para você realizar esses investimentos. Porém, precisamos deixar claro que:

O investimento em ações faz parte da renda variável. Isso quer dizer que existem alguns riscos do mercado não performar do jeito que você espera, afinal, rentabilidade passada não é garantia de ganho futuro.

Por isso, é preciso entender muito bem sobre esse mercado. Buscar conhecimento, fazer um curso de Bolsa de Valores, ler análises e seguir especialistas qualificados é um bom caminho.

Dito isso, e considerando que você já seguiu as dicas que passamos no começo desse conteúdo, o passo a passo para investir dinheiro na Bolsa de Valores é o seguinte:

1° passo: Abra sua conta em uma corretora de valores

Para investir dinheiro em ações na Bolsa de Valores é preciso abrir conta em uma corretora de valores. Essas entidades funcionam como uma ponte entre você e os investimentos desse mercado.

Nesse momento, é importante que você conte com uma instituição que esteja preocupada em te oferecer vantagens para investir. Seja na facilidade para realizar esses investimentos ou mesmo com a taxação.

Aqui na Toro, você conta com esses 2 benefícios. Temos o jeito mais fácil de investir na Bolsa e também a vantagem de você não precisar pagar taxa de corretagem. Quer saber mais sobre como investir dinheiro em ações, veja o vídeo abaixo e confira o passo a passo simplificado para realizar esse investimento aqui na Toro.


2° passo: Escolha as ações para investir

Depois de montar o planejamento, entender seu perfil de investidor e abrir uma conta, o próximo passo é escolher as melhores ações para comprar e investir seu dinheiro.

Você pode investir em ações para alcançar vários objetivos. Há investidores que buscam as melhores ações para lucrar com dividendos, há outros que preferem aquelas que podem oscilar em um curto período de tempo para realizar Trades e há também quem prefira montar uma carteira de longo prazo e lucrar com a valorização dessas empresas.

A grande questão é que você precisa saber como investir em cada modalidade. O grande erro de investidores iniciantes é acreditar que basta enviar dinheiro para a corretora, abrir a plataforma, escolher qualquer ação e começar a lucrar.

É necessário muita análise e aprendizado sobre técnicas para olhar para o mercado, identificar as melhores oportunidades e construir uma carteira de investimentos que realmente ofereça boas chances de rentabilidade.

Por isso, sempre recomendamos nossas aulas e cursos onde explicamos o passo a passo para você construir uma carteira de sucesso e investir na Bolsa de forma correta.

Aprenda a ganhar dinheiro com a Bolsa de Valores.

Assista aulas grátis
Capítulo 5

Como investir dinheiro no curto prazo

No capítulo anterior falamos sobre os diferentes tipos de investimentos que existem. Mesmo para quem investe em ações, é possível realizar esse investimento para obter resultados diferentes.

Entre todos eles, percebemos que cresce a cada dia o número de pessoas que desejam obter lucros no curto prazo.

E para isso, é possível encontrar investimentos de curto prazo de vários tipos,começando por alternativas para perfis conservados como títulos de Renda Fixa e chegando ao investimento em ações.

Na Bolsa de Valores, os investimentos de curto prazo são conhecidos como Swing Trade. Na prática, representam as operações que duram mais que 1 dia e não mais do que poucos meses.

Geralmente, essa modalidade é utilizada em conjunto com outros investimentos, como uma carteira de longo prazo. Afinal, como o curto prazo representa riscos maiores, é preciso balancear com outras modalidades.

Vale destacar que essa alternativa é considerada adequada para quem busca ganhos mais arrojados, afinal, é baseada na oscilação de preços dos ativos e na movimentação do mercado.

Por isso, um dos componentes mais importantes dos investimentos de curto prazo é a Análise Técnica. Esse estudo é responsável por identificar padrões do mercado e apontar possíveis cenários para um determinado ativo.

Logo, quem deseja investir dinheiro no curto prazo precisa saber analisar o mercado e gerenciar os riscos envolvidos nessas operações.

Uma solução interessante é contar com a ajuda de especialistas para realizar esses investimentos. Aqui na Toro, temos uma estratégia exclusiva para quem tem interesse no curto prazo: o Toro+.

É uma forma de você realizar esses investimentos contando com o conhecimento, expertise e técnicas da nossa Equipe de Análise. Na prática, nossos Analistas ficam de olho no mercado e, assim que identificam uma boa oportunidade de Swing Trade, mandam a recomendação direto para seu celular.

Isso já com o planejamento da operação, com risco, Stop Loss e Stop Gain definidos para você investir de forma simples e rápida.

Invista no curto prazo com a ajuda dos experts da Toro.
Conheça o Toro+ e teste grátis agora

Capítulo 6

Como investir dinheiro no longo prazo?

De uma forma geral, consideramos que os investimentos de longo prazo são aqueles que duram pelo menos 1 ano. Porém, não existe um padrão exato, essa definição depende do perfil e do tipo de investimento.

Novamente, existem vários tipos de investimentos exclusivos para quem deseja construir uma carteira pensando no futuro. Você pode escolher um título de Renda Fixa de 10 anos, por exemplo, um título do Tesouro Direto longo ou também investir em ações e montar uma carteira de valorização para o longo prazo.

No caso dos investimentos em Renda Fixa, preparamos capítulos específicos com dicas sobre como investir dinheiro nessa modalidade. Dessa forma, as dicas a seguir tratam-se do investimento em açoes pensado no longo prazo.

Para começar, um dos principais detalhes que cercam os investimentos de longo prazo é a diversificação.

Diversificação de investimentos significa distribuir seu dinheiro em diferentes aplicações. Ou seja, investir a longo prazo não é colocar todo seu capital em um único título ou investir em uma única ação e voltar daqui um tempo para resgatar esse investimento.

Diversificar seu investimento é uma das principais técnicas de gerenciamento de risco, além de ser um elemento fundamental para você construir uma carteira com grande potencial.

Essa estratégia permite que você não dependa exclusivamente do rendimento de um ativo, podendo compensar variações negativas de um mercado com o bom desempenho de outro ativo.

Outro detalhe importante sobre investimentos de longo prazo é a necessidade de balancear sua carteira. Novamente, não basta escolher os ativos agora e esquecê-los. É preciso, com alguma frequência, olhar para esses rendimentos e analisar sua performance, entendendo quais alterações são necessárias para alcançar o resultado que você espera.

Aqui na Toro, temos um curso exclusivo para quem deseja investir e pensar no futuro. O Mapa do Investidor do Sucesso traz toda bagagem que quem construiu uma carteira realmente poderosa para que você também consiga investir dessa forma.

Aprenda a investir e conquistar o futuro que sempre quis.

Assistir aulas grátis
Capítulo 7

Como investir dinheiro em Renda Fixa?

De uma forma bem simples, Renda Fixa é a modalidade de investimento que permite que você conheça ou faça uma previsão da rentabilidade, antes mesmo de investir seu dinheiro. Portanto, ao investir seu dinheiro em um título de Renda Fixa você pode ficar sabendo qual será o valor do resgate ao fim do tempo estabelecido.

Principais tipos de Renda Fixa:

CDB - Certificado de Depósito Bancário: são títulos de Renda Fixa mais populares do mercado. Esses títulos são emitidos por instituições bancárias com a intenção de captar recursos para financiar suas operações.

Ao investir seu dinheiro em um CDB, você está emprestando dinheiro para um banco, que, depois do tempo determinado, paga para você a correção com os juros estabelecidos no contrato.

LCI - Letra de Crédito Imobiliário: esses títulos são emitidos por instituições financeiras com o objetivo de captar recursos que serão repassados como empréstimos para empresas e empreendedores do setor imobiliário.

A principal vantagem da LCI é a isenção do Imposto de Renda. Isso mesmo, para incentivar o investimento no setor imobiliário, o Governo fez com que não fosse preciso pagar a taxa referente ao Imposto de Renda.

LCA - Letra de Crédito do Agronegócio: esse título funciona da mesma forma que as LCIs. No entanto, ao invés da captação de recursos para o setor imobiliário, nesse caso, você empresta dinheiro para uma instituição financeira que realiza empréstimos para atividades do Agronegócio.

Assim como as LCIs, as LCAs também contam com a isenção do Imposto de Renda.

LC - Letras de Câmbio : as Letras de Câmbios são títulos de Renda Fixa emitidas por Financeiras, ou “casas de crédito”. Portanto, você empresta dinheiro para essas instituições, que empresta para outras pessoas.

Um detalhe importante sobre as Letras de Câmbio é que não há isenção do Imposto de Renda. Por outro lado, esses títulos, assim como todos que falamos aqui são assegurados pelo FGC.

Gostou dessas alternativas de Renda Fixa? Confira abaixo um vídeo e veja qual é o passo a passo para investir aqui na Toro.

Veja quais são as melhores oportunidades de Renda Fixa.

Simule, compare e invista grátis
Capítulo 8

Como investir dinheiro no Tesouro Direto?

Tesouro Direto é um programa do governo para negociação de títulos públicos por pessoas físicas, de maneira direta e online. De um jeito parecido com os títulos de Renda Fixa, funcionam como um empréstimo que você faz ao governo

Esses títulos públicos são considerados seguros, afinal, são garantidos pelo governo. Além disso, são ótimas alternativas para quem deseja começar a investir, visto que é possível começar com R$100,00.

Se você gostou dessa possibilidade, é importante deixar claro que investir Tesouro Direto é bem simples.

Aqui na Toro, você consegue escolher o melhor título e ainda comparar com outros investimentos, escolhendo assim o que mais combina com seu objetivo.

Confira o vídeo e veja como investir dinheiro no Tesouro Direto:

Além disso, é possível investir também direto pelo site do Tesouro Nacional. Porém, nesse caso, não tem como contar a facilidade que a Toro Investimentos oferece.

bolsa de valores

Descubra os melhores títulos do Tesouro para investir hoje

Pesquisa grátis e invista rapidamente