Pular para o Conteúdo

Conheça os 10 maiores investidores do mundo

Capítulo 1

Quem são os maiores investidores do mundo?

Para saber quais são as melhores formas de investir, um bom começo é conhecer os maiores investidores do mundo. 

Afinal, essas pessoas aumentaram o patrimônio com investimentos inteligentes e mostraram que unir teoria e prática pode gerar ótimos resultados. 

Se você quer conhecer diferentes métodos para aplicar seu dinheiro e obter lucros no longo prazo, veja uma lista com 10 investidores que podem servir como inspiração.

Evaristo costa na toro investimentos
Capítulo 2

1. Warren Buffet

Warren Buffett

Provavelmente você já ouviu falar de Warren Buffet, um dos homens mais ricos do mundo. Ele começou a investir na Bolsa de Valores aos 11 anos e, aos 13, conseguiu sua primeira restituição do Imposto de Renda. 

Buffet era filho de um corretor, e com isso estudou bastante o mercado de ações. Anos mais tarde, formou-se em Economia e fez mestrado na Universidade de Columbia, nos EUA, onde trabalhou com o famoso investidor Benjamin Graham, que citaremos mais adiante.

Por conta disso, o economista ficou conhecido por utilizar o value investing, técnica criada por seu colega e mentor. 

Em resumo, é uma estratégia de investimento de longo prazo cujo objetivo é encontrar ações que sejam valiosas, mas que são negociadas abaixo do seu valor intrínseco.

Buffet, portanto, prefere aplicar dinheiro no longo prazo, em organizações que ele considera confiáveis. Com esse método, ele consegue entender como uma empresa funciona, de que forma ela ganha dinheiro e, por fim, investir seu dinheiro nela.

Além de ser um dos maiores investidores do mundo, ele também é dono de sua própria empresa, a Berkshire Hathaway, cujo valor de mercado ultrapassa os US$500 bilhões.

Assessoria Exclusiva
Capítulo 3

2. Benjamin Graham

Benjamin Graham

Como vimos, Warren Buffet utilizava bastante a técnica de value investing. Mas o criador dessa metodologia foi Benjamin Graham, escritor, professor universitário e fundador da empresa de investimentos Graham-Newman.

Britânico, nascido em 1894, Graham viveu em Nova York e trabalhou em Wall Street após se formar em Economia. Sua competência na realização de análises aprofundadas o tornou um dos maiores investidores do mundo. 

Sua estratégia de value investing, que consiste em encontrar empresas de qualidade, mas que estejam com preços descontados na Bolsa de Valores, se tornou peça-chave para diversos investidores ao redor do mundo.

O método trouxe resultados positivos, porque era possível se proteger de oscilações do mercado e reduzir os riscos de um ativo sofrer desvalorização.

Além disso, ele também sabia usar a diversificação da carteira a seu favor, para manter os rendimentos mais seguros e, consequentemente, reduzir perdas.

Com este novo jeito de investir, Benjamin revolucionou o setor financeiro. Suas ideias eram novas e confrontavam tudo o que era conhecido na época, ou seja, os ganhos em curto prazo.

invista do jeito certo e conquiste seu sucesso
Capítulo 4

3. George Soros

George Soros

George Soros nasceu em 1930 na Hungria e mudou-se para Londres com 17 anos. Lá, estudou na London School of Economics. Em seguida, na década de 1950, estudou Filosofia e concluiu seu mestrado.

Soros é fundador da Soros Funds Management, mas sua trajetória começou bem antes, como atendente em um banco de investimentos.

Depois de alguns anos, começou a trabalhar com negociações de ativos. Quando mudou-se para Nova York, trabalhou em gestoras de fundos e iniciou seu primeiro fundo de hedge, chamado Double Eagle.

Soros é considerado um dos maiores investidores do mundo porque formulou uma aplicação da Teoria Geral da Reflexividade, elaborada por Karl Popper, para o mercado de capitais. Suas especulações sempre foram agressivas, já que trabalha principalmente com ações voltadas para venda a descoberto.

Ele também ficou conhecido como “O homem que quebrou o Banco da Inglaterra”, pois em 1992 investiu uma parte de sua fortuna na desvalorização da Libra Esterlina. Essa data ficou conhecida como “Quarta-Feira Negra”. 

Capítulo 5

4. Peter Lynch

Peter Lynch

Já deu para perceber o quanto os Fundos de Investimentos são possibilidades interessantes para aumentar o patrimônio. Inclusive, um dos grandes nomes de destaque nesse segmento é Peter Lynch, investidor norte-americano que começou a investir na Bolsa de Valores ainda muito cedo.

Com mestrado em Administração de Empresas, iniciou sua trajetória como estagiário em um Fundo de Ações. 

Depois de alguns anos, foi gestor do fundo Fidelity, que se tornou uma grande referência no mercado, com alta rentabilidade.

Assim como Warren Buffet e Benjamin Graham, optou pela estratégia de value investing, além de aportar recursos em companhias com boas chances de crescimento. 

Outra característica marcante do investidor é que ele escolhia empresas que eram mais econômicas, isto é, que sabiam cuidar dos recursos sem gastar além do necessário.

Hoje, aposentado, é presidente da Lynch Foundation, organização filantrópica que fundou junto com a esposa Carolyn, que faleceu em 2015.

Fundos de Investimento com Cashback em dinheiro
Capítulo 6

5. Luiz Barsi

Luiz Barsi

Brasileiros também estão incluídos na lista de maiores investidores do mundo. O economista Luiz Barsi, nascido em 1939, é considerado o maior investidor pessoa física da B3, a Bolsa de Valores brasileira.

Formado como técnico em Contabilidade, começou a investir utilizando a Análise Fundamentalista. Seu interesse no mercado financeiro iniciou quando ainda era contador, na época em que analisava os balanços patrimoniais das organizações. 

A estratégia de buy and hold — com foco no longo prazo — também é um dos métodos utilizados pelo brasileiro. Além disso, ele gosta de ser parceiro das empresas em que aplica seu dinheiro. 

Aliás, se quiser saber como a Análise Fundamentalista funciona e aderir à estratégia de Barsi, assista ao vídeo abaixo:

Invista e construa o futuro tranquilo que sempre quis Comece agora com aulas gratuitas ao lado de experts
Capítulo 7

6. Carl Icahn

Carl Icahn

Carl Icahn é um investidor e ativista norte-americano que se tornou um dos mais poderosos de Wall Street. Começou sua carreira no mercado financeiro em 1961, como corretor. 

Anos mais tarde, direcionou suas ações para adquirir o controle de empresas. Em 1980, fez uma aquisição hostil da Trans World Airlines (TWA), quando ganhou a reputação de “invasor corporativo”. Por conta de seu perfil mais incisivo, o investidor já passou por várias disputas judiciais. 

Em 2012, foi eleito pela Revista Forbes como a 50ª pessoa mais rica do mundo, com US$14 bilhões. Agora, 10 anos depois, sua fortuna estimada é de US$16 bilhões.

Atualmente, é fundador da holding Icahn Enterprises, de capital aberto. Ele também administra um Fundo de Investimento composto por seu dinheiro pessoal e o de sua organização.

Capítulo 8

7. John Bogle

John Bogle

John Bogle fundou a empresa de fundos Vanguard Group em 1975. Em seguida, em 1976, Bogle criou e introduziu o primeiro Fundo de Índice (ETF) do mercado financeiro, o Vanguard 500.

Assim como Warren Buffet, era adepto da estratégia de buy and hold. Ele defendia a ideia de imitar o desempenho dos índices no longo prazo e, como resultado, não era necessário cobrar altos custos dos investidores. 

Dessa forma, os retornos eram mais altos e os custos bem menores em comparação aos fundos de gestão ativa. 

John Bogle ficou conhecido como um dos maiores investidores do mundo junto com Buffet, Peter Lynch e George Soros. Ele faleceu em 2019, deixando uma fortuna próxima aos US$180 milhões.

E já que estamos falando sobre Fundos, a Analista de Investimentos da Toro, Paloma Brum, explica no detalhe como funcionam os principais Fundos de Investimentos. Veja:

Fundos de Investimento com dinheiro de volta? Veja agora aqui na Toro
Capítulo 9

8. Geraldine Weiss

Geraldine Weiss

Mulheres também englobam a lista de maiores investidores do mundo. Embora a participação feminina ainda seja pequena no mercado financeiro (no Brasil, um estudo da B3 mostra que apenas 29% dos investidores são mulheres), algumas romperam barreiras e se tornaram investidoras de sucesso. 

Geraldine Weiss é um claro exemplo disso. Conhecida como “a grande dama dos dividendos”, ela começou a se interessar por finanças na década de 1960. 

Em 1966, Weiss tornou-se co-fundadora da Investment Quality Trends (IQT), um dos boletins informativos financeiros mais importantes dos Estados Unidos. Porém, antes disso acontecer, ela chegou a ser rejeitada e desacreditada diversas vezes por corretoras. 

Por conta disso, ela assinava os boletins como G. Weiss, para esconder que o “G” era de Geraldine. No IQT, seu foco era analisar e classificar o rendimento dos dividendos de grandes empresas, conhecidas como blue chips

Segundo Geraldine, os dividendos representavam o dinheiro real da empresa. Logo, ela utilizava o dividend yield como a métrica principal para fazer suas análises. 

Além do boletim informativo, ela também escreveu livros notáveis da área financeira, como a obra Dividends Don’t Lie, em que descreve suas principais táticas de investimentos.

Inclusive, se você quiser saber como investir em ações de um jeito fácil para receber bons dividendos, é só assistir ao vídeo a seguir:

Quais são as melhores ações que pagam dividendos? Acesse grátis e descubra agora
Capítulo 10

9. Seth Klarman

Seth Klarman 

Seth Klarman é adepto da metodologia de Benjamin Graham, que citamos anteriormente. Isso significa que ele ficou conhecido no mercado por comprar ativos que não são muito populares entre investidores. Seu foco é pensar nos ganhos no longo prazo.

Essa estratégia valeu a pena, já que atualmente o investidor possui mais de 30 bilhões de dólares em ativos sob sua própria gestão.

Inclusive, o norte-americano também é famoso por administrar o Fundo de Investimento Baupost Group. Formado em Economia e especializado em Administração de Empresas, trabalhou também no fundo Franklin Mutual Share antes de fundar a própria empresa.

Foi considerado o “Warren Buffet da nova geração”, por isso é chamado por muitos de “Oráculo de Boston”. O nome é uma brincadeira com Buffet, conhecido pelo apelido “Oráculo de Omaha”.

Capítulo 11

10. Linda Bradford Raschke

Linda Raschke

Não podemos deixar de mencionar a financista Linda Bradford Raschke, presidente da LBR Group Inc. Ela é considerada uma das traders mais relevantes atualmente, citada no famoso livro Market Wizards, de Jack Schwager.

Raschke começou sua carreira profissional de trading em 1981 com o mercado de opções. Ela se tornou uma CTA (Commodity Trading Advisor) registrada em 1992. 

Linda Raschke se destaca por considerar 3 fatores ao investir: desempenho, longevidade e consistência.

Em 2002, iniciou seu próprio fundo de hedge, no qual ela era a CPO (Commodity Pool Operator). O fundo de hedge de Linda foi classificado em 17º entre 4.500 para fundos de melhor desempenho no período de 5 anos pelo Instituto de Pesquisa Barclays Hedge.

Linda se aposentou como CPO e CTA em 2015. No entanto, ela continua realizando operações de Day Trade por conta própria.

Agora que você já conhece alguns dos maiores investidores do mundo, que tal aplicar seu dinheiro em alternativas rentáveis para diversificar sua carteira? Aproveite e conheça os melhores investimentos deste ano.

Veja quais são os melhores investimentos de 2022