Rendimento da

Poupança
Hoje

Atualizado às
É fácil ter rendimentos melhores que a poupança. Simule e compare

RENDIMENTO
DA POUPANÇA

Se você procura saber sobre a rentabilidade da caderneta, você precisa entender uma coisa ainda mais importante: o rendimento da poupança hoje é muito baixo. E é provável que ele continue assim.

Isso porque vivemos em um cenário de juros baixos, e isso impacta diretamente na rentabilidade da caderneta. Se esse cenário permanecer, podemos esperar que o rendimento da poupança em 2018 fique abaixo de 5% no ano, o que descontando a inflação, poderia significar menos de 1% no ano.

Esse é um rendimento muito baixo, como se você estivesse apenas guardando dinheiro num cofrinho, enquanto tudo o que você consome fica mais caro.

Isso não quer dizer que você não deva usar a caderneta, mas que se você faz aplicações com o intuito de investir e aumentar seu dinheiro, é melhor conferir outras alternativas. Antigamente isso parecia muito difícil e complicado, mas hoje, encontrar informações e aprender como funcionam os melhores investimentos do mercado, é super fácil.

Você consegue, até mesmo, encontrar um simulador que compare os melhores investimentos para o seu capital e o seu objetivo. Tudo de forma personalizada e gratuita.

Veja como você pode investir e ganhar mais que a Poupança
Simule e compare

O QUE É POUPANÇA

A verdadeira função da caderneta

A Poupança é um tipo de conta que você pode abrir em qualquer banco, e que paga um rendimento mensal em cima do valor depositado. Portanto, ela funciona como um investimento, que se tornou muito famoso entre os brasileiros por causa de características como:

  • Facilidade e segurança.
  • Isenção de Imposto de Renda.
  • Liquidez para sacar o dinheiro.

Mas nem só de vantagens é feita a caderneta. O rendimento da Poupança, que deveria ser mais um ponto a seu favor, é o seu principal ponto negativo.

A Poupança possui baixa rentabilidade mensal, com pouca diferença da inflação e bem inferior a vários outros investimentos do mercado.

Em alguns momentos, o retorno chega a ser menor que a inflação. Isso quer dizer que os produtos e serviços que você consome no dia a dia estão ficando mais caros e o seu dinheiro continua o mesmo.

Por isso, a caderneta hoje não deve ser considerada um investimento, mas uma forma de poupar dinheiro. Esse é um passo muito importante para quem deseja juntar dinheiro para investir. Uma vez que você atingiu um valor adequado ao seu perfil, tirar ele da Poupança e aplicar em opções mais rentáveis é essencial para que você realize seus sonhos e construa um futuro melhor.

Por isso, é importante que você conheça investimentos que rendem mais que a Poupança, e, alguns deles, com a mesma garantia de segurança.

Veja onde investir R$10.000,00 e ganhar mais que a Poupança
Faça uma simulação

Como usar a Poupança a seu favor?

Enxergue a Poupança como um ponto de partida, e nunca o ponto final dos seus investimentos. Se você tem pouco dinheiro para investir, pode estabelecer a meta de depositar um pouquinho todos os meses e, após acumular o bastante, aplicar em um investimento de verdade.

Aprender sobre o mercado financeiro e conhecer mais opções de investimentos, irá te ajudar a cuidar melhor do seu dinheiro e realizar seus sonhos.

Utilize a Poupança apenas como uma fase, entre poupar e investir. Essa é a evolução que você deve buscar: deixar de ser apenas um poupador e se tornar um investidor. Agora isso ficou mais fácil, e não é preciso ser nenhum expert para começar a investir.

Aprenda a investir grátis e mude o seu futuro.
Faça o curso grátis

COMO FUNCIONAM
OS JUROS DA POUPANÇA?

Os juros da Poupança são calculados todo mês em cima do valor depositado, e pagos num dia determinado, conhecido como data de aniversário. Essa data de aniversário pode ser a data de abertura da conta ou a data de realização do depósito.

Se você realizar vários depósitos em datas diferentes, a sua conta pode ter várias datas de aniversário. E se eles forem realizados nos últimos dias do mês (29, 30 ou 31), a data de aniversário considerada será o dia 1º do mês seguinte.

Também é importante lembrar que a rentabilidade é mensal, portanto, se você retirar o dinheiro antes da data de aniversário, ou seja, antes de completar 30 dias aplicado, você perde todo o rendimento do período.

Por isso, vale a pena conhecer outros investimentos com rendimento diário, como:
Títulos Públicos, Ações, e títulos de Renda Fixa.

A rentabilidade da Poupança depende diretamente de duas taxas: a Taxa Selic, taxa básica de juros da nossa economia, e a Taxa Referencial - TR.

Até 2012, esse rendimento era de, pelo menos, 6% ao ano, quando o governo criou uma nova regra de remuneração, com o objetivo de conter os juros e tornar outras opções de investimento mais atrativas. Então, a rentabilidade da caderneta passou a ser composta de duas partes:

  • A remuneração básica: composta pelo valor mensal da TR.
  • A remuneração adicional: que é calculada de acordo com a Taxa Selic.

Se a meta da Taxa Selic anual for superior a 8,5%, a remuneração adicional será de 0,5% ao mês. Mas caso a meta da Taxa Selic anual seja igual ou menor que 8,5%, a remuneração adicional será no valor de 70% da Taxa Selic.


De acordo com essa regra, desde setembro de 2017, o rendimento mensal da Poupança é de 70% da Taxa Selic + TR.

Esse é um rendimento muito baixo. Até mesmo os títulos de Renda Fixa que têm a Taxa Selic como base de remuneração rendem bem mais que a caderneta, e são tão seguros quanto.

Preso na poupança? Aprenda a encontrar o melhor investimento.
Curso grátis

SIMULADOR
DA POUPANÇA

Quando falamos da Poupança e de outros investimentos, todas as taxas e números podem parecer muito confusos, então fica difícil escolher qual o melhor lugar para aplicar o dinheiro. Por isso, é muito importante fazer uma simulação de investimentos.

No simulador ao lado, você pode comparar o rendimento da Poupança com outras melhores opções de investimento.

É só preencher quanto você pretende investir, por quanto tempo e procurar oportunidades. Assim, é possível tomar uma decisão acertada e consciente, ao invés de continuar na caderneta por comodidade.


Como exemplo, veja uma simulação caso você tivesse aplicado R$10.000,00 entre janeiro de 2005 e janeiro de 2018. Comparando o rendimento da Poupança com outras opções de investimento, é possível ver que você deixaria de ganhar mais de R$22 mil aplicando o dinheiro na caderneta. Veja abaixo:

Aplicação de R$10 mil - 2005 a 2018 Resultado descontado 15% de IR
CDB na Toro R$48.631,00
CDB de grandes bancos R$43.732,20
Tesouro IPCA R$43.165,50
Tesouro Prefixado R$42.933,70
Tesouro Selic R$42.365,00
LCI R$39.666,00
Poupança R$25.696,50
*CDB na Toro com 123% do CDI; CDB em grandes bancos com 115% do CDI; Tesouro IPCA+6%, Tesouro Prefixado com 12% ao ano e LCI com 95% do CDI. LCI e Poupança não possuem desconto de IR pois já são isentos. Disclaimer


Vale lembrar que este é um exemplo e que essa rentabilidade passada não pode ser garantida futuramente.


Como você pode ver, não é difícil encontrar investimentos que ofereçam melhor rentabilidade que a caderneta, e muitas vezes eles são tão seguros quanto ela.

A grande chave para se tornar um investidor bem sucedido é encontrar os investimentos que melhor atendem ao seu perfil e objetivo. E para isso você pode fazer a sua própria simulação.

Descubra o melhor investimento para você.
Faça uma simulação

RENDIMENTO ANUAL
DA POUPANÇA

Podemos observar que, historicamente, o rendimento da Caderneta é consumido pela inflação. E mesmo quando o rendimento foi alto, o retorno real (descontando a inflação) foi bem menor.

Veja o rendimento anual histórico da Poupança:

Ano Retorno absoluto (%) Inflação (%) Ganho Real (%)
2017 6,61 2,95 3,55
2016 8,30 6,29 1,89
2015 8,15 10,67 -2,28
2014 7,16 6,41 0,71
2013 6,37 5,91 1,43
2012 6,47 5,84 0,60
2011 7,50 6,50 0,94
2010 6,80 5,91 0,94
2009 7,05 4,31 2,63
2008 7,90 5,90 1,89
2007 7,77 4,46 3,17
2006 8,40 3,14 5,10
2005 9,21 5,69 3,33
2004 8,10 7,60 0,46
2003 11,21 9,30 1,75
2002 9,27 12,53 -2,90
2001 8,63 7,67 0,89
2000 8,32 5,97 2,21
1999 12,76 8,94 3,50
1998 15,16 1,65 13,28
1997 16,85 5,22 11,05
1996 16,34 9,56 9,19
1995 40,38 22,41 14,69
Fonte: Banco Central


Podemos observar que, em 2002 e 2015, a inflação foi maior que a rentabilidade da Caderneta e, por isso, o dinheiro aplicado nela perdia poder de compra, enquanto os produtos e serviços básicos ficavam mais caros.

Proteja seu dinheiro: invista melhor que na Poupança.
Faça o curso grátis

CALCULADORA
DO CIDADÃO

Veja como calcular a rentabilidade da poupança

Além de ser uma maneira simples de poupar dinheiro, o rendimento da Poupança pode ser utilizado como base para corrigir inúmeros contratos, como aluguel ou empréstimos. Por isso, saber como corrigir um valor com base na remuneração da caderneta é uma dúvida frequente.

Pode parecer complicado realizar esse cálculo, mas o Banco Central criou uma calculadora específica para este fim, chamada
Calculadora do Cidadão.

Na Calculadora do Cidadão, só é possível calcular valores retroativos, utilizando o quanto a caderneta rendeu até hoje. Mas, se você deseja saber quanto o seu dinheiro pode render, no tempo exato que você pretende aplicar, você pode utilizar um Simulador de investimentos.

Até hoje essa era uma tarefa complicada e que só deixava o poupador mais confuso e refém do seu banco e gerente de conta. Porém, agora você consegue simular o rendimento da Poupança e, ao mesmo tempo, comparar com outros investimentos adequados ao seu planejamento, de uma forma muito mais eficiente e personalizada.

poupança x
outros investimentos

Veja quanto seu dinheiro pode render. Simule e compare