Toro

Quando o Tesouro Direto não é a melhor opção?

Saiba identificar quando os títulos públicos não são a melhor opção do momento.

Descer

Conheça o melhor comparador de investimentos do mercado.

Simule agora

Quando o assunto é dinheiro, sair da poupança já é um grande passo. Ter a preocupação de destinar suas economias a investimentos que entreguem resultados de verdade é um ótimo ponto de partida.

Milhares de pessoas vêm descobrindo essa realidade através do programa conhecido como Tesouro Direto. Eles estão certos: desde 2002, esse programa entregou excelentes resultados a mais de meio milhão de pessoas.

Entretanto, o Tesouro é só uma pequena fatia do mercado financeiro.

Os títulos públicos são melhores que a poupança, isso é uma certeza. Entretanto, outras opções disponíveis podem ser ainda mais interessantes quando se trata de resultados.

Essa comparação no entanto, depende sempre do seu próprio perfil e objetivo. Existem desde investimentos adequados para os mais conservadores até para aqueles investidores conhecidos como arrojados.

Então, antes de investir, procure sempre saber qual é o melhor investimento certo para você e para o momento. Essa pesquisa pode fazer grande diferença no futuro.

Quando o Tesouro Direto não é a melhor opção?

O Tesouro Direto funciona da seguinte maneira: você compra determinado título e, em seu vencimento, o governo te retorna seu investimento acrescido de juros. Esse retorno pode estar atrelado à inflação, à Selic ou ser um valor prefixado.

Cada um desses títulos é mais adequado a determinado cenário econômico. Quando o juros aponta alta, o Tesouro Selic pode ser a opção certa, quando a inflação ameaça a crescer, o Tesouro IPCA fica mais interessante, por exemplo.

Mas apenas os títulos públicos não são suficientes para cobrir todas as possibilidades da economia. Muitas vezes as melhores opções estão fora da esfera pública.

*

Buscar e comparar outras formas de investimento pode fazer grande diferença em seus resultados.

Sem sair da renda fixa, investidores de hoje têm várias opções para compor uma carteira de sucesso. Conheça alguns investimentos que andam atraindo cada vez mais atenção:

CDB: emprestando diretamente aos bancos

Os Certificados de Depósito Bancário (CDB) são títulos emitidos por bancos com a finalidade de financiar suas próprias atividades. Para incentivar a venda de títulos, muitas vezes seus emissores oferecem taxas bem interessantes como retorno.

LCI e LCA: mercado imobiliário e agronegócio no radar.

As Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e do Agronegócio (LCA) são dois títulos também emitidos por bancos que andam trazendo grande volume de novos investidores. Ambos são fontes de financiamento para os dois mercados destacados acima e agradam investidores por, além de apresentar boa rentabilidade, serem isentos do Imposto de Renda.

LC: financiados as financeiras

As Letras de Câmbio (LC) são emitidas pelas instituições conhecidas como Financeiras, ou sociedades de crédito. Elas vendem esses títulos para pessoas físicas e jurídicas e pagam juros interessantes aos seus investidores.

Todos os exemplos acima possuem várias das vantagens do Tesouro Direto e ainda pagam, muitas vezes, rendimentos superiores aos oferecidos pelo programa. Mas você pode estar se perguntando como e onde encontrar essas alternativas de investimento.

E a resposta é mais simples do que muitos imaginam. Para facilitar todo esse processo, uma nova corretora criou um comparador que até o mais iniciante dos investidores terá facilidade de usar.

Através do site da Toro Investimentos, qualquer um pode verificar qual título é o mais adequado para o seu capital e para o prazo indicado pelo próprio investidor. Assim, você saberá ao certo se o Tesouro Direto é ou não a melhor opção.

*

Conheça o melhor comparador de investimentos do mercado.

Descubra onde investir.

Simule agora

Descubra qual é o melhor investimento do momento. Simule grátis