Conheça a Renda Fixa

* Mesma Segurança da Poupança * Invista com Taxa Zero

Simule quanto você ganharia saindo da Poupança:

R$ 10.000,00
*Comparação baseada na rentabilidade da Poupança (70% da taxa SELIC) e na rentabilidade da melhor Renda Fixa disponível na Toro Investimentos na última semana.

Quer ter esse resultado? Invista em Renda Fixa

O QUE É RENDA FIXA

Muitos investidores acham que esse tipo de investimento é exclusivo para aqueles que tem milhares de reais para começar. E isso não é verdade.

Quando a preocupação de destinar seu dinheiro a opções melhores que a poupança, escutar termos como "renda-fixa" se torna corriqueiro. Basicamente, essa modalidade de investimento pode ser vista como a porta de entrada do mercado financeiro para qualquer pessoa.

Renda fixa é um tipo de investimento em que as pessoas sabem como seu dinheiro vai render antes da compra. Essa previsão pode ser exata ou não, mas as regras de rentabilidade são fixas, por isso seu nome.

Em poucas palavras, é possível entender qualquer título de renda fixa da seguinte maneira: você empresta seu dinheiro para alguém e, depois de determinado tempo, quem está devendo te retorna um valor maior.

É possível começar a investir em renda fixa com R$100,00

Faça uma simulação

Principais características da Renda Fixa

Qual é a segurança de um investimento de renda fixa?

Quando o assunto é dinheiro, é normal se preocupar com segurança. Afinal, não queremos perder aquilo que nos esforçamos tanto para ganhar.

renda-fixa-segurança
Uma boa notícia para os investidores iniciantes, alguns títulos de renda fixa têm a mesma garantia de segurança que a poupança: o FGC.

O Fundo Garantidor de Créditos, ou FGC, é uma instituição privada sem fins lucrativos que existe para proteger correntistas, poupadores e investidores. Esse órgão garante a recuperação de prejuízos acarretados pela falência, liquidação ou intervenção de bancos brasileiros.

Caso o banco emissor do seu título deixe de existir antes do fim do seu investimento, o FGC te paga o valor que tinha nele.

Ele garante R$250 mil por instituição e por investidor, limitado a um teto de R$1 milhão.

Ganhe mais que a Poupança com a mesma garantia de segurança

Simule e compare

Como funciona a rentabilidade da renda fixa?

De um modo geral, seu título de renda fixa pode te entregar resultados de acordo com três regras diferentes: a prefixadas, a pós-fixadas ou a híbrida.

Títulos Prefixados

Os investimentos de renda fixa prefixados são os mais simples de entender. São aqueles que tem sua remuneração completamente determinada no momento da compra.

Isto é, se você investe R$1.000,00 em um título que promete 10% ao ano, você já sabe que no final do investimento você terá ganhado um total de R$100,00. Bem simples, não é?

Títulos Pós-fixado

Os títulos de renda fixa pós-fixados, por sua vez, têm uma lógica um pouco diferente. Por mais que a regra de rentabilidade seja estabelecida no momento da compra, o seu resultado não é, mas por que?

Os investimentos pós-fixados são sempre atrelados a outros índices. Isto é, eles variam de acordo com determinado indicador.

É bem comum se deparar com termos como “110% do CDI”, mas o que isso significa? Nesse caso, seu título renderá 110% da taxa DI. Se ela subir, no período, um valor de 10%, seu título te entregará uma rentabilidade de 11%.

Títulos Híbridos

Como seu nome já diz, são títulos que possuem parte pré e parte pós-fixada. Isto é, eles rendem atrelados a determinado índice e ainda entregam um “bônus” de rentabilidade.

Eles normalmente são vistos ligados a índices de inflação, como o IPCA ou IGPM. Você poderá achar alguns títulos que pagam “IPCA +5%”, por exemplo. Isso significa que ele rende, além da inflação, 5% do que investiu.

Mas não se preocupe:
a Toro deixou tudo isso muito mais fácil.

Basta dizer quanto quer investir e por quanto tempo, que te mostramos as opções que mais lhe trarão resultados, tudo isso sem termos técnicos.

Liquidez de um investimento de renda fixa: o que é?

Outra dúvida que investidores iniciantes têm em relação a títulos de renda fixa está relacionado à sua liquidez. Mas o que isso significa?

Um investimento com a liquidez diária, por exemplo, é aquele que, em qualquer momento, você pode vender e resgatar o seu dinheiro.

As vezes precisamos mudar os planos. Nesses momentos, a liquidez do investimento faz toda a diferença.

Alguns investidores temem deixar seu dinheiro preso em alguma aplicação sem liquidez. Sim, antes de fazer qualquer investimento, é necessário se planejar para evitar ser pego de surpresa por algum acontecimento.

Para qualquer planejamento, existe um título certo. Existem investimentos de renda fixa com as mais variadas datas de liquidez: desde aqueles que você pode vender a qualquer momento, até títulos que ficam em sua carteira durante anos.

Entretanto, na Toro temos o chamado Resgate Antecipado. Se você precisar ter seu dinheiro de volta, colocamos seu título a venda para outros investidores, assim que tivermos um comprador, seu título é vendido. Nesse caso, você estará aceitando trocar um pouco da rentabilidade pela liquidez do seu investimento.

Não deixe seu dinheiro preso: conheça a Toro.

Faça uma simulação

Quais são os custos de um investimento de renda fixa?

R$ 0 ,00

Taxa 0 de verdade

Em relação a taxas administrativas e de custódia, na Toro elas são completamente isentas. Você não paga nada para investir na Renda Fixa.

Em relação aos impostos cobrados para esse tipo de investimento, você deve conhecer o IOF e o Imposto de Renda.

IOF (Imposto sobre Operações Financeiras):

Esse imposto incide regressivamente sobre os rendimentos apenas nos 30 primeiros dias de aplicação. Depois disso, todos os títulos ficam isentos.

Imposto de renda (IR):

Esse imposto incide sobre o rendimento de vários títulos. Um detalhe interessante é que quanto mais tempo deixar seu investimento rendendo, menor será a alíquota dele.

Veja a redução do imposto de renda ao longo do tempo investido:


renda-fixa-imposto-de-renda *

Invista na renda fixa com Taxa 0 de verdade: conheça a Toro.

Simule agora

Conheça 5 investimentos de Renda Fixa melhores que a poupança.

CDB

CDB CERTIFICADO DE DEPÓSITO BANCÁRIO

Principais características da CDB
Pode render por juros índice juros + inflação
Liquidez Após 90 dias
Imposto de renda Isento
Segurança Garantido pelo FGC

Emprestando para os Bancos

Os Certificados de Depósito Bancário, ou simplesmente CDB, são os títulos de renda fixa mais conhecidos do mercado. Esses investimentos são emitidos por bancos com o objetivo de captar recursos para financiar suas atividades em geral.

Isto é, você empresta seu dinheiro para o banco e, em troca, recebe este capital corrigido com os juros. Simples, não é?

Todos os bancos emitem CDBs diariamente, tanto os grandes e mais famosos quanto até as menores instituições. Cada um é responsável por determinar o quanto querem oferecer como rentabilidade, por isso, sempre busque taxas diversas antes de investir seu dinheiro.

CDB x Poupança

Comparamos os dois com um investimento inicial de R$ 10.000,00 no período de 7 anos.

de lucro

Poupança

de lucro


Faça uma simulação agora *Comparação baseada na rentabilidade da Poupança (70% da taxa SELIC) e na rentabilidade da melhor Renda Fixa disponível na Toro Investimentos na última semana.
lci

LCI Letra de Crédito Imobiliário

Principais características do LCI
Pode render por juros índice
Liquidez Normalmente após 90 dias
Imposto de renda Isento
Segurança Garantido pelo FGC
*

Financiando o setor imobiliário

As LCI, ou Letras de Crédito Imobiliário, são títulos de renda fixa extremamente populares entre investidores brasileiros. Esses investimentos são emitidos por bancos com o objetivo de captar recursos, que são repassados a empréstimos e financiamentos ligados ao desenvolvimento do setor imobiliários: como construções, renovações, loteamentos, etc.

Mas você não precisa se preocupar para onde seu dinheiro vai. O que precisa ficar claro é que você está emprestando para o banco para receber esse valor no futuro acrescido de juros.

Para contribuir com aquecimento do setor imobiliário, o governo oferece um “bônus” para esse investimento: as LCI são isentas Imposto de Renda.

Entretanto, mesmo com o pagamento do IR, alguns outros investimentos podem continuar entregando resultados melhores aos seus investidores. Dessa forma, antes de investir, é fundamental que você verifique o que compensa mais.

LCI x Poupança

Comparamos os dois com um investimento inicial de R$ 10.000,00 no período de 7 anos.

de lucro

Poupança

de lucro


Faça uma simulação agora *Comparação baseada na rentabilidade da Poupança (70% da taxa SELIC) e na rentabilidade da melhor Renda Fixa disponível na Toro Investimentos na última semana.
lca

LCA Letra de Crédito do Agronegócio

Principais características da LCA
Pode render por juros índice juros + inflação
Liquidez Normalmente após 90 dias
Imposto de renda Isento
Segurança Garantido pelo FGC
*

Emprestando para o Agronegócio

Conhecidas também como Letras de Crédito do Agronegócio, as LCA são, também, títulos de renda fixa que estão ganhando notoriedade no mercado financeiro brasileiro. Assim como as LCI, esse tipo de investimento também é emitido por bancos, mas o que difere dos demais é a sua finalidade.

Assim como as LCI servem para financiar o setor imobiliário, os recursos captados pelas LCA vão para o agronegócio brasileiro. Mas, novamente, para o seu bolso, a finalidade do seu investimento não importa.

Foque no esquema geral da renda fixa. Você aplica seu dinheiro em determinado título e resgata ele no futuro somado a juros.

O governo vê com bons olhos investimentos no agronegócio. Por esse motivo, as LCA também são títulos de renda fixa isentos de Imposto de Renda.

Mas não esqueça de compará-los a outras modalidades de investimento antes de colocar seu dinheiro em uma LCA.

LCA x Poupança

Comparamos os dois com um investimento inicial de R$ 10.000,00 no período de 7 anos.

de lucro

Poupança

de lucro


Faça uma simulação agora *Comparação baseada na rentabilidade da Poupança (70% da taxa SELIC) e na rentabilidade da melhor Renda Fixa disponível na Toro Investimentos na última semana.
lc

LC Letra de Crédito

Principais características da LC
Pode render por juros índice
Liquidez Após 90 dias
Imposto de renda Isento
Segurança Garantido pelo FGC
*

Financiando uma financeira

As Letras de Câmbio, ou apenas LC, também são exemplos de investimentos da família da renda fixa. A sua lógica é a mesma dos demais títulos: você empresta seu dinheiro para um emissor e ele te retorna seu investimento somado a um rendimento.

No caso das LC, quem as emite são as chamadas Financeiras, aquelas “casas de crédito”. Isto é, essas instituições emitem títulos para captar recursos para emprestá-los novamente.

Entretanto, novamente, para você isso não muda nada. É importante lembrar que assim como o CDB, a LCI e a LCA, as LC são garantidas pelo Fundo Garantidor de Créditos.

LC x Poupança

Comparamos os dois com um investimento inicial de R$ 10.000,00 no período de 7 anos.

de lucro

Poupança

de lucro


Faça uma simulação agora *Comparação baseada na rentabilidade da Poupança (70% da taxa SELIC) e na rentabilidade da melhor Renda Fixa disponível na Toro Investimentos na última semana.
Tesouro Direto

Tesouro Direto

Principais características do Tesouro Direto
Pode render por juros índice juros + inflação
Liquidez Após 90 dias
Imposto de renda Isento
Segurança Garantido pelo Governo Federal

Investindo no Brasil

Chegamos agora em um tipo de investimento que vem ganhando grande atenção entre investidores brasileiros: os títulos do programa Tesouro Direto.

Também conhecidos como títulos públicos, os investimentos emitidos pelo Tesouro Nacional também são exemplos de opções de renda fixa. Isto é, você empresta seu dinheiro para o Tesouro Nacional e ele te retorna após um período um valor maior.

O programa Tesouro Direto tornou o investimento nesses títulos algo prático, rápido e extremamente acessível. Hoje, com aproximadamente R$30 você já consegue começar a investir nessa modalidade de investimento.

A seguir, vamos conhecer os principais títulos do Tesouro Direto:

Tesouro Direto Selic

Esse título, como o seu nome já diz, é ligado diretamente a taxa Selic. Isto é, ele é um investimento de renda fixa pós-fixado a esta taxa: tudo que a Selic variar, seu título vai render.

Ele é o mais conservador dos títulos e é frequentemente utilizado como uma reserva de dinheiro emergencial. O Tesouro Selic é adequado para cenários que apontam que os juros tendem a subir.

Esse título é ideal para momentos em que a taxa de juros tende a subir e para o investidor que não sabe quando precisará do dinheiro.

Tesouro Prefixado

O Tesouro Prefixado, por sua vez, é o título que já te mostra exatamente quanto você irá ganhar no momento da compra. Como ele não está atrelado a nenhum índice, seu rendimento é expresso em uma porcentagem do valor investido.

O Tesouro Prefixado pode entregar o resultado apenas no seu vencimento ou em pagamentos semestrais. No segundo caso, ele é conhecido como Tesouro Prefixado com Juros Semestrais.

Esse título é ideal para momentos em que a taxa de juros já está alta, ou tende a cair, e para o investidor que não precisará do dinheiro antes do vencimento.

Tesouro IPCA

O Tesouro IPCA pode ser considerado um investimento de renda fixa híbrido. Isto é, parte de seus rendimentos está atrelada à taxa de inflação e outra é pré-determinada no momento da compra.

Assim como o Tesouro Prefixado, o Tesouro IPCA pode retornar ao investidor o apenas no seu fim ou em pagamentos que acontecem a cada seis meses. No segundo caso, ele é chamado de Tesouro IPCA com Juros Semestrais.

Esse título é ideal para momentos em que a tendência é de alta da inflação e para o investidor que procura proteger seu dinheiro dessa alta.

Tesouro Direto x Poupança

Comparamos os dois com um investimento inicial de R$ 10.000,00 no período de 7 anos.

de lucro

Poupança

de lucro


Faça uma simulação agora *Comparação baseada na rentabilidade da Poupança (70% da taxa SELIC) e na rentabilidade da melhor Renda Fixa disponível na Toro Investimentos na última semana.

Como investir na renda fixa

Agora chegou a hora de colocar tudo isso em prática. Neste ponto, você já sabe o que é renda fixa e já conhece seus principais títulos, certo?

Diferentemente do que muitos pensam, investir na renda fixa não é nenhum bicho de sete cabeças. Por mais que, no passado, era necessário checar o emissor, entender a rentabilidade e fazer todos os cálculos por conta própria, hoje, não é bem assim.

A Toro mudou a maneira de investir na renda fixa e deixou tudo mais fácil: basta dizer quanto quer investir e por quanto tempo, que te mostramos os investimentos certos para o seu perfil.

Em uma lista ordenada por rentabilidade, o investidor tem liberdade de escolha sem perder a simplicidade. Tudo isso sem cobrar nada.

Assista nosso curso grátis e comece agora

Quer continuar aprendendo? Assista ao nosso curso completo e gratuito.

Acesse Grátis

Outros Títulos

O mercado de renda de fixa não para por aí. Existem, ainda, outras opções de investimento menos conhecidas pela população. Abaixo você encontra, de forma resumida, o que você precisa saber sobre outros tipos de título que você poderá encontrar:

Por mais que esses investimentos ainda não estejam em nossas prateleiras, não deixe de conferir qual título de renda fixa estamos recomendando como a melhor opção.

Veja como você pode investir e ganhar mais que a Poupança

Faça uma simulação

Dúvidas frequentes

Quando o assunto é dinheiro, mais especificamente investimentos, é mais que normal ter dúvidas. E você está com toda razão: informações nunca são demais antes de destinar o dinheiro que custamos a juntar.

Nesta seção juntamos algumas dúvidas que boa parte dos investidores iniciantes têm quando começam a traçar seu caminho pela renda fixa. Confira:


Um título de renda fixa é um investimento que possui regras de rendimento predefinidas. Ou seja, antes de você investir, já sabe como o seu dinheiro irá render, seja prefixado ou ligado a um índice ou taxa.

Um fundo de investimento de renda fixa funciona como um condomínio de investidores. Isto é, o capital de várias pessoas é reunido e aplicado em títulos de renda fixa em conjunto e o seu rendimento vai proporcionalmente para as cotas do fundo.

Os investimentos, ou ativos, de renda fixa mais conhecidos são: o Certificado de Depósito Bancário (CDB), a Letra de Crédito Imobiliário (LCI), a Letra de Crédito do Agronegócio (LCA), a Letra de Cãmbio (LC) e os títulos públicos do Tesouro Direto (Tesouro Selic, Tesouro Prefixado, Tesouro IPCA).

Um investimento de renda fixa funciona da seguinte maneira: você empresta seu dinheiro a alguma instituição e ela te retorna esse valor, acrescido de juros, após um período determinado.

Aqui na Toro você só precisa nos contar o quanto quer investir e por quanto tempo, que já te entregamos oportunidades de renda fixa adequadas para seus planos.

Nosso resultado considera as mais recentes previsões da inflação, dos juros futuro e do CDI para entregar, em ordem, ótimas opções do mercado.

Comece a investir: simule e compare seu investimento de renda fixa.

Acesse Agora